Todos contra o COVID-19

A doença provocada pela variação originada na China foi nomeada oficialmente pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como COVID-19 e ainda não está claro como ocorreu a mutação que permitiu o surgimento desta família de vírus que causam infecções respiratórias.

As investigações sobre as formas de transmissão do Coronavírus estão em andamento, mas a disseminação de pessoa para pessoa, ou seja, a contaminação por gotículas respiratórias ou contato, está ocorrendo e qualquer pessoa que tenha contato próxima com secreções contaminadas como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos está em risco de ser exposta à infecção.

O Ministério da Saúde confirmou vários casos de COVID-19 no Brasil e vários países estão sendo monitorados.

Orientamos cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o Coronavírus. Entre as medidas estão:

Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.

  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

De acordo com a chefe da OMS, Socorro Gross “…Não há motivo para pânico apesar do alerta máximo de emergência de saúde pública de interesse internacional, mas ainda não há uma pandemia declarada mesmo que o COVID-19 tenha sido registrado em vários continentes”.

Contudo, nosso Colégio preza pelo zelo em relação ao ambiente coletivo, porém pelo risco de contaminação dos dispensers de álcool gel, solicitamos que se for oportuno, cada educando traga seu próprio frasquinho de álcool gel para uso pessoal. Ratificamos a importância de cada educando trazer seu próprio squeeze/garrafinha de uso pessoal e intransferível para abastecimento da água nos bebedouros do colégio.

Em caso de viagem recente aos países monitorados pelo Ministério da Saúde, solicitamos às famílias que não tragam seus filhos ao Colégio. Caso apresentem sintomas, orientamos o acompanhamento médico e o contato com a Equipe para o suporte pedagógico neste período de possível isolamento residencial.

(Fontes: Ministério da Educação e OMS – Organização mundial da Saúde)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *